Nem tudo é injustiça na Ginástica Rítmica!!

Eu estive debatendo com o pessoal que me ajuda aqui no blog e no vlog, sobre o fato de cada vez mais as pessoas falaram que a GR é injusta. Sim, às vezes ela é, mas muitas outras vezes o povo simplesmente exagera sobre isso. E é uma coisa que tem acontecido muito nos últimos tempos.

Eu não estou falando sobre nenhum ginasta ou país em especial. Mas no todo. 

Os fãs tem ficado muito sangrentos sobre suas ginastas favoritas e cada vez que elas não ganham eles ficam brigando pela internet.

Um dos principais movimentos a respeito disso é a revolta sobre o estado da Maksymenko esse ano. Qualquer série que ela apresente, sempre tem milhões de comentários falando sobre como ela é linda, e expressa e como deveria ter mais nota. O que é besteira! Acordem pessoal, a Alina tá fora de forma. As séries dela são boas, sim, mas são cheias de falhas. O pior de tudo é que nem são falhas de momento, como queda do aparelho ou perda de equilíbrio, mas sim, são falhas crônicas. Algumas dificuldades dela estão com as posições erradas. 

E nem pensem que eu ia esquecer da Mamun, pois metade dos giros que ela faz está com a posição errada também.

Sobre a Melitina, ela tem muitas falhas com o aparelho que são mascaradas facilmente, mas a maioria dos rolamentos que ela faz são incompletos, só um exemplo.

E tem inúmeras ginastas que têm essas falhas. 

O que eu quero dizer é que quando uma dessas ganha ou perde, nem tudo é injustiça, mas sim porque elas falham, excetuando o caso da Mamun, pois ela têm ganho bastante.

Outra coisa que me irrita são os fãs que ignoram tudo que é novo e merece um olhar. Mas aí vocês me crucificam sobre o que eu falei à respeito da Miteva, mas eu não vou ligar pra isso. Têm muitos fãs que não veem que tem ginastas novas muito boas, com séries boas e que vêm com tudo e tem outras que simplesmente não merecem o lugar que estão.

Tem foruns na internet em que cada vez que a Maksy compete eles param e glorificam um altar pra ela, dizendo que mesmo com o erro a série foi linda, que merecia mais nota, que ela foi perfeita, e aí quando veem uma Svatkovskaya da vida, com uma série nova e diferente, e russa, eles piram, dizendo que ela só está lá por causa da mãe ou da Viner. 

Existem ginastas sim que estão lá por causa disso. Merkulova. Eu simplesmente não vejo razão de ver ela lá em cima, pois ela bagunça a maior parte das dificuldades dela. Ela perdeu flexibilidade de coluna, ela saltita na maioria dos giros e dificilmente finaliza um equilíbrio. Mesmo assim, sempre no topo.

Outro exemplo, um pouco diferente desse. Em Londres o conjunto da Espanha ficou em 4º lugar, e o povo pirou porque achou que elas mereciam o bronze, pois a Itália tinha errado e as espanholas foram perfeitas. BANG!!! Errado. A Itália errou sim, mas a Espanha também, só que as vezes eles simplesmente esquecem de pensar nisso.

A injustiça existe sim, sempre tá aí pra ferrar com algumas competições, mas muitas vezes as coisas acontecem direito, as ginastas erram e perdem lugares.

A Miteva errou e perdeu o bronze em Montpellier. 

A Rússia que todo mundo fala que trapaceia, perdeu 3 mundiais consecutivos, inclusive um em casa. E?

Vamos nos deter a avaliar as ginastas e o trabalho que elas fazem como um todo. 

A ginasta pode conquistar o coração de todos fora da quadra, mas entre as 4 linhas, o que realmente importa é o que ela faz e o que está escrito na bendita ficha. 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s