GINÁSTICA RÍTMICA – CONJUNTO BRASILEIRO TREINA PARA A TEMPORADA

http://globoesporte.globo.com/se/videos/t/viva-esporte/v/meninas-da-selecao-brasileira-de-gr-se-preparam-para-as-olimpiadas-rio-2016/4068533/

Aí vocês veem mais uma matéria com as meninas da seleção! Dessa vez dá pra ver bem certinho que elas vão competir com a música Still Loving You, do Scorpions, com letra. O interessante dessa música é que ela é de uma banda alemã, então as meninas tão aí tentando jogar com o público da casa pro mundial desse ano.

Outra coisa que eu não poderia deixar de notar é o retorno dos penchées em rotação! Há um bom tempo a gente não via eles nos conjuntos – acho que desde a série de bolas em algumas competições. Mas é bom ver eles aí. E eu gostei de ver alguns momentos aí das séries, capturar um pouquinho do que vai acontecer. Mas a gente ainda precisa esperar pela estreia delas, que a princípio é pra ser na Copa do Mundo do Uzbequistão, lá em maio.

Mas deixa elas treinarem, vamos ver o que vem por aí.

=D

Anúncios

GINÁSTICA RÍTMICA – COPA DE MUNDO DE LISBOA 2015

Esse final de semana ocorreu a primeira Copa do Mundo da temporada de 2015 e a gente pode acompanhar um monte de ginastas e conjunto fazendo suas primeiras aparições! Esse post não vai ser enorme, mas eu vou passar pra vocês os links pra quem quer ver vídeos e resultados da competição!

=D

Pra quem quer ver conjuntos aqui vai o link!

Pra quem que ver individuais, aqui vão os vídeos!

Os resultados estão aqui!

A Angélica fez uma competição regular, com as notas na mesma média, mas como a gente não viu vídeos eu não posso dizer pra vocês se ela foi regularmente boa ou regularmente mais ou menos, e eu acredito que foi mais ou menos pela notas que ela tirou.

E sobre os conjuntos eu posso garantir que as séries da Itália já são as minhas favoritas.

Um beijo pra todo mundo!

GINÁSTICA RÍTMICA – GRAND PRIX DE THIAIS 2015 – FINAIS

Nesse domingo ocorreram as finas do GP em Thiais, coroando as campeãs por aparelho. Os resultados seguem aí embaixo, e depois vem os links para os vídeos.

Conjunto 5 fitas
1. Ucrânia – 16,550
2. Espanha – 16,450
3. Uzbequistão – 16,400
4. França – 15,850
5. Azerbaijão – 15,833
6. Estados Unidos – 14,600
7. Hungria – 14,133
8. Israel – 14,083

Conjunto 6 maças + 2 arcos
1. Israel – 17,400
2. França – 16,950
3. Azerbaijão – 16,600
4. Ucrânia – 15,833
5. Estados Unidos – 15,567
6. Uzbequistão – 15,267
7. Hungria – 14,817
8. Espanha – 13,767

Individual

Arco
1. Neta Rivkin (ISR) – 18,150
2. Ganna Rizatdinova (UKR) – 17,733
3. Marina Durunda (AZE) – 17,700
4. Victoria Veinberg Filanovski (ISR) – 17,350
5. Nicol Ruprecht (AUT) – 17,233
6. Elizaveta Nazarenkova (UZB) – 17,067
7. Veronika Poliakova (RUS) – 16,067
8. Kseniya Moustafaeva (FRA) – 15,917

Bola
1. Ganna Rizatdinova (UKR) – 17,850
2. Neta Rivkin (ISR) – 17,650
3. Kseniya Moustafaeva (FRA) – 17,633
4. Elizaveta Nazarenkova (UZB) – 17,600
5. Yulia Sinitsyna (RUS) – 17,467
6. Marina Durunda (AZE) – 17,433
7. Victoria Veinberg Filanovski (ISR) – 17,417
8. Veronika Poliakova (RUS) – 16,683

Maças
1. Ganna Rizatdinova (UKR) – 17,883
1. Marina Durunda (AZE) – 17,883
3. Kseniya Moustafaeva (FRA) – 17,767
3. Neta Rivkin (ISR) – 17,767
5. Veronika Poliakova (RUS) – 17,667
5. Elizaveta Nazarenkova (UZB) – 17,667
7. Victoria Mazur (UKR) – 17,400
8. Victoria Veinberg Filanovski (ISR) – 17,233
9. Nicol Ruprecht (AUT) – 17,200

Fita
1. Ganna Rizatdinova (UKR) – 17,900
2. Marina Durunda (AZE) – 17,767
3. Kseniya Moustafaeva (FRA) – 17,750
4. Elizaveta Nazarenkova (UZB) – 17,617
5. Katsiaryna Halkina (BLR) – 17,517
6. Yulia Sinitsyna (RUS) – 17,500
7. Victoria Veinberg Filanovski (ISR) – 17,333
8. Nicol Ruprecht (AUT) – 17,233

Pra assistir vídeos vou colocar apenas três canais que vão ter vídeos pra vocês!

Canal 1
Canal 2
Canal 3

GINÁSTICA RÍTMICA – 2015 – AS NOVAS SÉRIES DA ANGÉLICA KVIECZYNSKI

Como eu prometi, aqui vai a minha análise das novas séries da Angélica. Primeiro eu queria ressaltar que não vou falar muito de como elas estão agora, sendo que ainda precisa de tempo pra Angélica maturar essas séries e ela precisa voltar ao físico ideal dela. Mas vamos analisar uma por uma e ver o que tem de bom e o que tem de não tão bom.

ARCO

A série carrega vários elementos que a Angélica trabalhou ao longo dos anos, mas incrementou os lançamentos que ela já fazia, uma coisa que eu gostei bastante. Outra que eu achei que ficou ótima foi a nova coreografia, que consegue trazer um bom clima pra série – e no vídeo do treinamento dá pra ver como a Angélica tá bem confortável com essa coreografia. Mas como eu disse, vários elementos se repetem dos outros anos, o que pode ser um ponto contra na avaliação dela – claro, objetivamente os juízes não deveriam levar em conta isso, mas sabe como é…

No todo, no entanto, eu gostei sim dessa série. Acredito que na hora em que ela conseguir executar tanto os elementos corporais quanto as dificuldades com aparelho, ela tem grandes chances de chegar ainda mais alto, quem sabe perto de um 17, não?

Eu gostaria de só salientar que a Angélica precisa relaxar o rosto dela um pouco, a coreografia fica mais bonita se ela tirar um pouquinho da carinha de triste, não é? No treinamento a gente pode ver ela sorrindo e isso me deu uma boa sensação. Acho que se ela conseguir trazer essa boa sensação pra quadra, ela só tem a ganhar.

BOLA

Eu acho que essa tem sido a série mais fraca da Angélica, por vários anos, inclusive. Achei que foi uma boa ideia então trabalhar com a mesma base do ano passado, mas conseguir incrementar mais o manejo do aparelho e a coreografia, o que elas fizeram. E na minha opinião ficou ótimo. Eu gostei bastante da nova distribuição dos elementos e da inclusão de novos rolamentos da bola, o que deu uma fluidez maior a série.

Só acho que ainda falta um pouco mais de mobilidade da Angélica em algumas partes, porque me dá a impressão de que ela fica bastante no mesmo lugar em alguns momentos, e isso acaba dando uma sensação ruim pra série. Sem falar que em algumas partes fortes da música parece que a série fica meio perdida, e é uma coisa que não fica legal visualmente.

MAÇAS

Da pior pra melhor. As séries da maças da Angélica sempre são os carro-chefe do trabalho dela, e esse ano não é diferente. Nas últimas séries de maças dela a gente já podia ver uma desenvoltura maior dela com o aparelho, mas esse ano a gente vê bastante coisas novas com o manejo, rapidez e agilidade e bastante mobilidade na série toda – uma coisa bastante, bastante positiva.

Acho que ela tem bastante trabalho pra fazer essa série funcionar, mas a gente pode ver como é uma rotina bem agradável aos olhos e como ela consegue desenvolver bem tudo que se propõe. Uma pena que na competição ela acabou tendo uns erros grandes, mas acho que é bom ir tirando os erros do caminho agora pra poder acertar mais tarde. O jeito é esperar e ver.

FITA

Okay, eu realmente não suporto mais ouvir Burlesque, mas confesso que essa série me animou bastante. Uma coisa que eu acho que é o ponto alto é a coreografia. Animada e sensual, tem um atrativo bom para o público e joga a energia pro alto, uma pena que a extensão dela seja um pouco grande em alguns momentos. Os elementos estão bem distribuídos mais uma vez, e eu gosto muito do fato de a Angélica estar trabalhando firmemente naquele lançamento final, que fecha muito bem a série.

Acho que o ponto negativo da série fica um pouco por conta do manejo, que não oferece nada de muito diferente do que a gente vê, mas é possível ver sim que a Angélica trabalhou a série pra incluir as duas mãos, a gente pode perceber isso mais na parte inicial principalmente.

Eu acho que é isso? Quais são as opiniões de vocês, o que acham que tá bom, o que acham que tá ruim?
Comentem!

GINÁSTICA RÍTMICA – GRAND PRIX DE THIAIS 2015 – PRIMEIRO DIA

Nesse primeiro dia do GP de Thiais a gente teve a competição do AA, conjuntos e individuais, garantindo vagas para as finais da competição. O torneio tinha bastante ginastas interessantes pra gente ver, incluindo a participação da Angélica, estreando as suas séries, mas a competição foi, infelizmente, torturada por um monte de erros, tanto das boas ginastas como as do segundo escalão.

Foi difícil de ver uma ginasta conseguir encerrar a sua competição sem falhas, e as poucas que conseguiram acabaram por ganhar algumas posições importantes.

No AA individual a vencedora foi a Ganna Rizatdinova, que mesmo com falhas nas séries, conseguiu se consagrar com o primeiro lugar. Eu acho que foi uma das mais certas medalhas na competição. Ainda que ela tenha tido várias imprecisões nas séries, pequenas falhas aqui e ali que tiraram décimos importantes dela, no final das contas ela fechou a competição bem. O segundo lugar ficou com a Ksenyia Moustafaeva, que teve uma boa competição, ainda que ajudada pelos juízes por estar em casa. Em terceiro lugar ficou a Neta Rivkin, que teve alguns aparelhos problemáticos, mas também tirou notas bem altas em outros.

Os resultados estão aqui!

Nos conjuntos nós vimos a estreia de algumas séries novas, especialmente as espanholas, que vem aí pra tentar medalhas em mundiais e europeus, e também pudemos ver as séries das americanas, principais adversárias do conjuntos brasileiro pros Jogos Panamericanos.

Os resultados dos conjuntos serão postados aqui!

Ucrânia, Israel, França e Azerbaijão ficaram nos primeiros lugares e fizeram uma boa competição. A Espanha apresentou séries boas, mas a execução delas deixou bastante a desejar, por isso elas ficaram pra trás. O conjunto americano, ainda que tenha ganhado notas interessantes, não colocou medo em mim, pois sabendo da capacidade do conjunto brasileiro e da Camila, eu tenho certeza que a gente está com qualidade pra ganhar delas. Porém, eu ainda acho que a gente não deveria nem estar pensando em Pan ou América, a missão do Brasil é arrasar nas Olimpíadas, por isso o trabalho precisa ser duro e bem pesado, não só privando de resultados a curto prazo.

No caso do nosso individual, a Angélica fez uma competição bastante tensa em com muitos erros, mas ainda assim ela já estreou suas três séries novas e eu fiquei bem feliz com o avanço feito nas séries. Acho que foi bom ver ela com novos manejos nos aparelhos, especialmente na bola e nas maças, e eu gostei de ver as novas séries – e mesmo a bola que continua a mesma, ganhou uma nova roupagem que ajudou ainda mais a mostrar as qualidades da Angélica.

Uma coisa que eu percebi, no entanto, foi o fato de que a Angélica pareceu meio desmotivada em competir, ou talvez ela só esteja cansada ou coisa assim, a gente não tem certeza de tudo que se passa nos bastidores, não é. Espero que para as próximas competições ela possa aparecer aí com mais ânimo e vontade e consiga mostrar melhor o seu trabalho.

Em todo caso, eu vou fazer um post especial apenas pra Angélica, analisando as séries e comentando um pouco sobre cada uma amanhã. Por agora é isso.

Aqui embaixo vão links para os canais que terão vídeos.

https://www.youtube.com/channel/UCQWBY9X7wh9ldlxHXZELbqQ/videos
https://www.youtube.com/user/ManzanaRussia3/videos
https://www.youtube.com/user/aa1227gt/videos
https://www.youtube.com/channel/UCxcS29af-FUPQtuRGdGpbJQ/videos
https://www.youtube.com/channel/UC1gPWOzBI5_yDb6TF-oRrHw/videos
https://www.youtube.com/user/fatalbeauty/videos

=D

As finais vão ser amanhã. Se quiser acompanhar a transmissão das finais, AQUI!