GINÁSTICA RÍTMICA – COPA DO MUNDO DE GUADALAJARA 2017 – CLASSIFICAÇÃO

Hoje se completou a competição de classificação na Copa do Mundo de Guadalajara, então aqui eu trago para vocês os vídeos, resultados, e meus comentários.

No AA Individual, a grande campeã foi Polina Khonina, da Rússia, seguido por Ekaterina Selezneva, também da Rússia,  e em terceiro lugar Alina Harnasko, da Bielorrússia. Nos conjuntos tivemos a vitória da Rússia, com o segundo lugar para a Ucrânia e o terceiro para a Bielorrússia.

Os resultados completos ainda não saíram, mas eu tenho uns resultados parciais pra mostrar para vocês.

AA Individual (tinham 38 atletas competindo, mas eles mostraram apenas as 24 melhores)

AA Conjuntos

Para quem quer ver vídeos, é só seguir pra esse canal AQUI que tem tudo, e AQUI tem a competição completa pra quem quer assistir absolutamente tudo.

E como foram as brasileiras?

Em primeiro lugar eu gostaria de parabenizar as duas pela competição. Heloisa Bornal que fez sua primeira grande competição como adulta, mostrando as suas séries para um público bastante caloroso, e que mesmo não tendo a melhor competição, já pode trabalhar mais para as próximas. Bárbara Domingos teve uma competição com algumas falhas, mas mostrando suas séries no topo das possibilidades, levantando o público e arrancando elogios do público espanhol.

Aqui temos as quatro séries da Heloisa!

 

Eu não consegui encontrar a classificação final da Heloisa, mas as notas eu tenho. Ela tirou 12.350 no arco, 11.700 na bola, 11.900 nas maças e 9.350 na fita. As notas foram bastante baixas porque, infelizmente, a Heloisa não conseguiu reproduzir o melhor do seu treinamento na quadra. Na maior parte das dificuldades eu senti que ela estava bastante retraída, apenas nas maças que ela pareceu mais segura de si, e em quase todas as séries ela não estava conseguindo transmitir muita emoção.

Na minha opinião, as séries de bola e arco não são o melhor que ela poderia mostrar. Na bola eu vejo uma série um pouco muito adulta para ela, e pra mim não senta direito esse personagem que ela mostra. Já o arco tem um mix de músicas que vai numa direção que a Heloisa não consegue acompanhar muito bem.

No caminho oposto, tanto as maças como a fita se dão muito melhor pra ela. As duas séries estão mais adaptadas a Heloisa, e eu gostei muito de assistir ela, interpretando muito bem as duas músicas e sem correr atrás da música. Ela é de longe uma das melhores ginastas corporalmente que o Brasil tem, mas eu gostaria de ver ela um pouco mais calma competindo, com séries menos frenéticas.

Sem falar que ela precisa fixar mais os saltos. É uma das dificuldades que eu vi ela performando com mais problemas,. As outras dificuldades, mesmo as de rotação, é visível que ela tem potencial pra realizar bem, como podemos ver nas maças.

Agora o importante é voltar, treinar e treinar, pra competir melhor da próxima vez. Acredito que deve ser bastante frustrante você não conseguir realizar as suas séries da forma que você treina no ginásio.

E aqui nós temos as séries da Bárbara!

Bom, e foi exatamente nesta competição como a gente percebe o que um ano de competição adulta já pode diferenciar duas ginastas. As notas que a Bárbara recebeu foram 13.750 no arco, 13.100 na bola, 14.050 nas maças e 13.000 na fita. Aqui sim a gente conseguiu ver uma ginasta mostrando aquilo que treina no ginásio. Mesmo com erros nas séries, alguns grandes como nas maças e na fita, a Bárbara ainda colocou as séries da melhor forma possível.

E nem só isso, ela estava bastante relaxada nas quatro séries, algo que foi dito pelas próprias comentaristas que estavam vendo a competição ao vivo. Eu achei as quatro séries muito bem montadas para ela, e baseadas em tudo que ela pode fazer. A gente percebe que a Bárbara não é tão desenvolvida corporalmente como a Heloisa, mas em comparação dá um banho de dificuldades de aparelho em todos exercícios.

O tipo de séries que ela tem são bastante fáceis de conseguir destruir uma competição inteira, mas eu vi ela competindo tão seguramente que parecia complicado ela errar – por isso me surpreendi nas maças.

Ainda acho que ela pode dar um pouco mais de si no arco e em algumas partes da série de maças, para ficar mais bem interpretado, mas na bola e na fita eu já vejo ela muito bem. E claro, melhorar sempre as dificuldades para que ela possa pontuar melhor.

Comparando uma a outra a gente pode ver como nem sempre o melhor corporal vai significar melhores notas, e como a idade ainda conta bastante para a ginasta ter experiência para competir.

Agora vamos esperar para ver o que vai acontecer na seletiva individual aqui no Brasil. E temos as finais amanhã, qualquer detalhe acompanhe a postagem anterior com os links.

=D

Anúncios

18 thoughts on “GINÁSTICA RÍTMICA – COPA DO MUNDO DE GUADALAJARA 2017 – CLASSIFICAÇÃO

  1. severa diz:

    tem hora que tenho vontade de desistir de acompanhar.. na boa, eu vi tantas notas infladas… vou nem comentar as notas da Laura Zeng, porque né??
    Estados Unidos com a política lá em cima…..
    As músicas do conjunto russo faz eu desistir de ver elas….Amo a seleção da Bulgária..a música, o collant, a originalidade…Voltando a gostar das Italianas, embora em algumas partes a série parece um copia e cola de outras…kkkkkkkkkkk Bielorússia nunca fui fã de nenhuma série delas…

    • princeinred diz:

      Olha, a Laura pode desgostar a muita gente, mas é uma ginasta que trabalha muito e executa o que se propõe. Eu não tenho nenhum amor por ela, e as notas dela em Guadalajara estavam muito mais controladas do que em Pesaro. Mas a força de ter alguém na comissão técnica da FIG certamente pesa.

  2. GRObservadora diz:

    Antes de mais nada respeito a liberdade de expressão. Estamos num país livre. Mas por favor, não matem a lingua portuguesa, eu A vi, eu A assisti… Não escrevam eu “assisti ela”…

    Quanto aos comentários…
    Concordo em parte…
    Penso que as brasileiras meteram a cara, enfrentaram a Europa e estão de parabéns… TODAS!
    Desde a Mary que foi a primeira a encarar o novo código lá nos EUA… até Helô e Babi que foram as últimas…
    Fico feliz de ver várias atletas do Brasil circulando pelos eventos internacionais.

    Porém, não vamos nos iludir com as notas do Internacional… Brasil ainda não tem ginasta pra 15pts… Aquele campeonato em Portugal não contava com o mesmo painel de juri da Copa do Mundo.
    Tanto que a Propria Victória Guerra veio de Sofia com apenas um 13pts e o resto na média dos 11pts e saltou para 14 e 15 tres dias depois.

    Brasil precisa melhorar muito as composições.

    O que vi foi uma vontade de encher a série de dif, de aparelhos para subir nota mas com artístico e execução muito fracos ainda…

    Da nova geração confio muito na Helô, mas confesso que esperava mais (não porque ela errou), mas achei que o corporal dela que sempre foi forte caiu um pouco…
    Babi, ousada como sempre, a menina é um furacão, mas com aquele corporal limitado vai ser difícil subir as notas no futuro, penso que tá no limite dela já.

    Guerra mudou de clube, e com isso mudaram o estilo dela,,, uma pena, perdeu a identidade, apesar de ainda ser uma ginasta muito boa.

    Mary so vi as notas, não vi os vídeos, mas penso que tb vai enfrentar o problema da Babi, tem um corporal limitado…

    Duda Carvalho é uma excelente representante juvenil, mas precisa saber lidar com seu próprio tamanho, cresceu muito e em alguns momentos fica desengonçada… mas o tempo vai resolver isso…

    Gaudio, nossa representante olímpica, fez uma linda olimpiada, todas notas acima de 16pts e sem erros, entrou nesse código com muito respeito, foi uma pena ter se machucado, pois a bola mesmo com uma falha, teve nota acima de 13pts, ou seja, cravada seria acima de 14pts e é o PIOR aparelho da Nati. Por isso penso que os demais passariam de 14pts com chances de 15pts em COPA DO MUNDO.

    Vamos aguardar, temos outras ginastas que farão eventos internacionais e ainda temos a volta da Angélica…é muito cedo para eleger essa ou aquela ginasta como favorita, o Brasil está numa ótima fase, subindo lindas ginastas que estão se encontrando com as veteranas que ainda treinam e muito podem oferecer para o país.
    Teremos um brasileiro adulto forte e, ao meu ver sem favoritas… e isso é MARAVILHOSO!!!

    • princeinred diz:

      Obrigado pelas dicas de português, pra começar, mas vamos falar de ginástica.
      Acho que, em primeiro lugar, é desnecessário comparar notas de uma competição pra outra, porque obviamente o quesito da arbitragem muda. Claro que isso não quer dizer que as notas de Portimão valeram menos que outras, ou que a arbitragem era diferente, nas verdade era formada por juízas que participaram de eventos importantes também, então não se pode descreditar o trabalho delas.
      Sofia foi a competição com as notas mais baixas no geral, mas eu vi Guadalajara com notas bastante baixas também. E a bola, especialmente esse ano, tem tido notas em geral mais complicadas por causa das dificuldades de aparelho – isso é algo para se discutir em outra ocasião.
      Eu não expressei muito da minha opinião, mas das meninas que eu vi competir até agora as mais preparadas são Vitória e Bárbara, simplesmente porque competiram muito bem no geral e parecem estar mais fortes mentalmente.
      A Heloísa é jovem, sim, e tem muito a crescer, mas a competição dela foi absolutamente decepcionante do ponto de vista da capacidade que tem. Não conseguiu realizar nenhuma das séries perto do que pode.
      Não vejo a Bárbara tão limitada no corporal, nenhum elemento distante do que a própria Natália executa, por exemplo, mas ela precise polir as dificuldades e garantir o que faz. As meninas não estão sendo pontuadas a menos por causa da falta de dificuldades altas, mas sim por não conseguirem executar o que se propõe.
      Especialmente nos saltos e rotações, elas estão perdendo elementos inteiros por faltas na execução, e isso precisa ser corrigido.
      No mais, espero pela recuperação da Natália, pois ela estava em muito boa forma em Sofia, e uma possível volta da Angélica, ainda que não aposte muito nisso.
      E claro, estou bem feliz que estão rodando todas, e que elas vão receber sua chance de competir sem favoritismo, finalmente.

      • GRObservadora diz:

        “Não vejo a Bárbara tão limitada no corporal, nenhum elemento distante do que a própria Natália executa, por exemplo”

        Pegou pesado nessa comparação heim
        Natália é ampla, faz saltos com tronco, giros combinados, perna alta livre ou com ajuda… Bárbara mal abre 180°, e os saltos com tronco não existem (mal mal o pé à cabeça), e não vi um giro combinado.

        Cada um tem direito de ser fã de quem quiser, mas comparar o corporal da Gaudio com o de Bárbara é forçar demais

        Bárbara tem sua qualidades sim. É linda, do jeito dela, são estilos diferentes, mas em termos de corporal Gaudio está acima.

      • princeinred diz:

        Olha, eu não vejo mentira no que eu disse, mas não precisamos discutir isso –
        e nem mesmo que quem obviamente é a melhor das duas.
        Que a Natália tem o corporal mais bem trabalhado nesse momento, não tenho dúvida. Mas levou anos, e por isso acho exagerado dizer que uma ginasta de 17 já chegou no limite dela.
        Além disso, não sou fã declarado de nenhuma, apenas comparo o que elas podem apresentar de melhor. Que a Natália tem saltos ótimos, sem dúvida. Tem giros combinados? Tem, ainda que às vezes ela peque na execução deles. Estou ansioso para ver o que ela vai nos mostrar em Kazan, já que é a nossa ginasta número um, e tem que defender as cores do Brasil assim como fez no Rio.

  3. Rafael Nunes diz:

    Assisti os videos do campeonato não goste da Heloisa, colocaram muitas dificuldades que claramente não estavam limpas e nem bem executadas tanto corporal como de aparelho. Obs: Que manejo horrível de aparelho da Heloisa.

    • princeinred diz:

      Eu realmente acho que ela pode executar as suas séries, mas deu pra notar como ela estava bastante bloqueada emocionalmente. E não diria que o manejo dela é horrível, mas precisa ser mais trabalhado pra parecer natural, e não forçado. Ela tem potencial, como se diz muito, mas ainda está um tanto verde comparada as outras meninas.

  4. micael oliveira diz:

    Nossa to bem ansioso pra ver a estreia das series de conjunto do Brasil em Kazan na rússia… até pq saiu a lista final dos paises q vão pra Kazan e o brasil vai com conjunto… realmente espero que de tudo certo

  5. Tiger diz:

    Espero que nosso individual ganhe espaco la fora,sao muitos talentos que temos.Esse ano a ginástica tá de cabeça p baixo. Muitos países errando muito,tanto no individual como no conjunto. A fita vem sendo o aparelho mais desastros,dificilmente sai um 17 como nota. Saiu o start list do mundial e o Brasil vai abrir o individual e começar em terceiro no conjunto (md). Será que vai ter transmissão ao vivo?

    • princeinred diz:

      Olha, tem que esperar pra ver como isso vai acontecer. Eu acho que o draw não foi muito bom, mas isso é o de menos. Tem que competir a morrer, e dar o melhor. As notas saem desse jeito. O conjunto a mesma coisa – a gente vai sair logo depois da Itália, então precisa sair com tudo, que daí a nota sai. E com certeza teremos transmissão, até lá eu arranjo links.

  6. Rique diz:

    Aaaaaa to feliz que você voltou a postar já tava me sentindo órfã. Helô sempre foi e será minha paixão… Lindaaaa parece russa, pode ainda evoluir muito mesmo com tantos erros fiquei feliz em vê la no adulto. Babi eu gostei mas pra mim é igual a Nathi sempre vai faltar algo sei lá. Só espero que elas continuem treinando muito e pfvr ninguém aguenta mais a Laura da U.S é tanto roubo que fico indignado.

    • princeinred diz:

      Obrigado por continuar lendo o blog!
      Acho que tem bastante tempo a dar pra Heloisa para crescer, e ela precisa, mas tem talento pra se tornar uma grande ginasta. Mas acho que você desmerece tanto Natália como Bárbara, que são ginastas que competem bem quando é preciso, e de nada adianta termos ginastas com imenso potencial se não chegam as competição para ganhar. E a Laura, pois bem, da mesma forma. Compete bem. E esse ano foi pontuada um pouco melhor em outras competições, então temos que esperar para ver no mundial.

      • Rique diz:

        Kkkk não é que eu desmereça elas é que sei lá kkkkkkk Laura eu já vi competindo aqui no RJ e eu achei sem sal já a Natalia deixou o arco cair e foi parar longe dela. Pelo menos a Natalia achei q melhorou muitoooo . Já a Laura caguei não é do meu país então não me esforço pra gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s