GINÁSTICA RÍTMICA – SÉRIE DE 5 ARCOS DO BRASIL – 2017

Até agora nós ficamos no escuro em relação às novas composições do conjunto brasileiro, mas nas últimas semanas as meninas fizeram treinos-controle e apresentações em alguns lugares, o que acabou proporcionando a gravação de uns vídeos. Contudo, a série não foi gravada por completo em nenhum lugar, e foi necessário fazer uma montagem para podermos apreciar melhor a rotina.

Como já havia sido divulgado, a série de arcos do Brasil usa a música “Gimme, Gimme, Gimme” da banda espanhola Mägo de Oz. É uma série bem agitada, com passos de dança divertidos e feitos para levantar o público. Logo abaixo você curte o vídeo.

A série foi construída com elementos que somam mais do que 10 pontos, que é algo que se pode fazer agora. Creio que, para o momento da seleção agora, reformulação, entrada de ginastas há poucos dias – a Heloísa Bornal sendo uma delas, convocada agora em Julho – ainda temos muito o que crescer.

A rotina não tem elementos como o barco de fogo, ou os malabares, que chamam a atenção do público para uma reação de ovação maior, mas ainda assim é uma série com um grande número de colaborações, e com exceção da coregrafia entre os duas séries de passos de dança, é bem dinâmica.

Aquela seção logo no começo precisa ser ajustada para parecer menos estática, mas obviamente, quando as meninas conseguirem executar a série sem erros ela vai parecer muito mais dinâmica também.

Acredito que a escolha das dificuldades foi bem feita, e está ao alcance das meninas, e teremos que esperar para ver essa série completa e sem erros antes de poder ter uma opinião bem formada sobre ela – mas eu já adianto que me agradou bastante, e eu já vi várias vezes.

E o que vocês acharam?

=D

Anúncios

15 thoughts on “GINÁSTICA RÍTMICA – SÉRIE DE 5 ARCOS DO BRASIL – 2017

  1. GRObservadora diz:

    Uma das melhores composições do Brasil nos últimos anos.
    Percebi algumas faltas no artistico, perda de conexão, saída do rítmo, e penso que a parte lenta da música poderia explorar mais as ondas, está um pouco quadrado ainda.
    Mas muito bom pelo pouco tempo de trabalho.
    Camila está de parabéns
    Muito feliz com o que acabei de assistir.

    • princeinred diz:

      Eu acho que pela entrada da Heloísa assim há pouco tempo, ela também já se integrou bastante à composição. Creio que os próprios erros atrapalhem a apreciação completa da série, então teremos que esperar para ver elas competindo em Kazan – ou talvez outro treino-controle – pra ter uma ideia de como pode ficar. Camila também costuma fazer mudanças de série nas últimas semanas de competição, quando precisa, então é certo que tudo ainda pode acontecer.

  2. micael oliveira diz:

    Gostei bastante da série, mas como voce falou os elementos como o barco de fogo, ou os malabares ficaram fora dessa série mas podem ter sido colocadas no misto, a e no video ali no 1:38 eu pensei que daria pra encaixar o fuetê de 9 voltas que é um elemento que o Brasil faz muito bem…. mas vamos ver o que vem por ai…

    • princeinred diz:

      Eu estava discutindo com alguns amigos sobre os fouettes, e olha, acho até uma boa ideia eles não estarem ali, ainda mais se nem todas as meninas ainda tem a técnica boa, porque se perde muita nota com erros neles.

  3. Tiger diz:

    Eu arrepiei todo quando vi o vídeo pela primeira vez. Espero que sejamos bem vistos pelos árbitros e juízes lá fora. Elas têm q ir com tudo p manter o título no Panamericano como a melhor da America.

  4. Rique diz:

    Só esse início já fiquei louco. Lindooo e essa música do ABBA omg acho q tem tudo pra crescer, só me dói ver a Helô do individual ali, precisamos de investimento urgentemente pfvr Brasil!

  5. Reinaldo diz:

    Cara, que série fantástica, essa música que impacta real, essas novas dificuldades ficaram muito legais e aquele final maravilhoso? Só acho que não pudemos ver a série na sua melhor forma por conta dos erros e senti que podiam ter explorado mais algumas partes em que elas estão muito paradas, mas enfim, se tudo sair como os conformes, tudo vai dar certo nesse novo ciclo. #VaiBrasil

    • princeinred diz:

      Eu acho que tudo tem ajudado com essa série, e concordo com você, tem alguns momentos aí mais no começo que a série fica meio parada. Mas temos que esperar pra ver o que acontece quando ela acertarem tudo, afinal de contas ainda teve erros. Acho que começamos com o pé direito.

  6. lipemarc diz:

    Gostei da serie, porem acho que podiam aproveitar melhor as ginastas olimpicas como a Jessica, que tem mais elementos pra oferecer, sendo a nossa capita! Vamos esperar a de bola e corda…

    • princeinred diz:

      Não entendi muito bem seu comentário. Acho que a melhor coisa a se fazer num conjunto é explorar todas as ginastas, e a gente pode ver que cada uma delas tem uma colaboração, ao menos, um momento difícil. Sem falar que a série está fechadinha, com dificuldades suficientes pra chegar a dez pontos, não vejo necessidade de aproveitar outras ginastas. Jéssica tá ali junto com elas.

  7. Henzo diz:

    Acho que falta mais elementos difíceis e originais e um pouco mais de dinamismo na serie, e o corporal das ginastas e bem ruim (parece que elas não tem muita flexibilidade) minha opnião.

    • princeinred diz:

      Eu concordo com a falta de dinamismo. Entendo o que a Camila pensou pra essa série, pois os elementos são mais “simples”, mas se somam bem pra fazer uma rotina com valor suficiente pra 10 em dificuldade. E o corporal das ginastas não muda muita daquelas que estavam no Rio. Não sei o que de melhor temos a ceifar para o conjunto, sinceramente.

  8. micael oliveira diz:

    Me tira uma dúvida, eu estava lendo uma reportagem no site da CBG e uma parte da entrevista dizia assim: ” Após o Mundial na Itália, a Seleção manterá o ritmo para a disputa do Sul-Americano, em Cochabamba, e do Pan-Americano de Daytona Beach. Serão competições decisivas em um ciclo olímpico no qual a vaga para os Jogos Olímpicos pode vir do campeonato continental…” significa que no campeonato Pan-americano já vai sair uma vaga olimpica? n entendi….

    • princeinred diz:

      Não. Esse ano as competições não valem lá muuuita coisa – óbvio que sempre valem, mas nada para Olimpíada ou coisa assim. Eu diria que a competição mais importante pro Brasil esse ano é o Pan, pois é uma boa hora de colocar a nossa cara e garantir mais um título na América, especialmente depois do mundial de 2015 onde nós ficamos atrás das americanas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s